Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Pagamento de juros do setor público é o maior da série para o mês de novembro

Pagamento, que atingiu  R$ 18,525 bilhões, foi influenciado negativamente pela alta da inflação,  já que uma parte relevante da dívida pública é, atualmente, atrelada aos índices de preço

Fernando Nakagawa e Fabio Graner, da Agência Estado,

29 de dezembro de 2010 | 12h22

O chefe-adjunto do Departamento Econômico do Banco Central, Túlio Maciel, anunciou que o pagamento de juros em novembro de 2010 - de R$ 18,525 bilhões - é o maior registrado para o mês desde o início da série, em 2001. Maciel explicou que a alta da inflação tem influenciado negativamente o resultado, já que uma parte relevante da dívida pública é, atualmente, atrelada aos índices de preço.

"As diferenças nas taxas de inflação são bastante significativas", disse. Maciel deu como exemplo o IPCA, que é a referência de 24,3% da dívida do governo. De janeiro a novembro de 2010, o índice oficial de inflação acumula alta de 5,25%. Em igual período do ano passado, o IPCA havia registrado aumento de 3,93%.

Quanto ao IGP-M, que é referência de 4,9% da dívida, a mudança é ainda mais forte. De uma deflação de 1,46% de janeiro a novembro em 2009 para inflação de 10,56% em igual período de 2010. Já o IGP-DI, índice de 1,1% da dívida, o movimento foi parecido: de deflação de 1,33% em 2009 para aumento de 10,88% em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.