Painel sugere que fundo de pensão japonês eleve risco

Um painel consultivo patrocinado pelo governo do Japão para revisar as estratégias do fundo de pensão público sugeriu que o Fundo de Investimento de Pensões do Governo (GPIF, na sigla em inglês) aceite mais riscos e se distancie dos investimentos em bônus.

AE, Agencia Estado

30 de março de 2014 | 23h49

Em uma proposta preliminar, o painel afirmou que o fundo terá que objetivar retornos maiores ao gerenciar os fundos ativamente quando for apropriado. O painel não especificou a parcela de ativos que o fundo, que gerencia 160 trilhões de ienes (US$ 1,56 bilhão), deveria comprar.

O painel também alertou para os riscos de investir em bônus domésticos, uma vez que o governo se esforça para atingir a meta de inflação de 2%, a qual corrói o preço do bônus. O GPIF possui mais da metade do portfólio atrelado a bônus domésticos ou ativos comparáveis. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãopensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.