País atinge maturidade com investment grade, diz Mendes

Presidente do STF comentou decisão e considera elevação do grau de investimento 'extremamente positivo'

Denise Madueño, de O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2008 | 18h36

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, afirmou nesta quarta-feira, 30, que considera "extremamente positivo" o fato de a agência Standard and Poor's ter concedido ao Brasil o investment grade (grau de investimento).     Veja também: 'Brasil entra no clube dos mais respeitados', diz Mantega Investment grade reflete boa política econômica, diz S&P Grau de investimento neste cenário é significativo, diz Meirelles Com investment grade, Bovespa bate recorde histórico Como o presidente sempre diz, 'nunca antes neste País...' Entenda o que muda no Brasil   "O Brasil atingiu um grau de maturidade institucional muito grande. As regras básicas da democracia contribuem, economia em bom ritmo (contribui), tudo isso contribui para novos padrões", afirmou.   Mendes, que na quarta-feira passada assumiu a presidência do Supremo Tribunal, fez a declaração ao sair de uma audiência com o presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), em uma visita de cortesia. O ministro relatou que, na audiência, falaram sobre projetos em tramitação na Câmara que são importantes para o Poder Judiciário. Citou como exemplo a proposta de um novo modelo de Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a remuneração dos juízes no País.

Tudo o que sabemos sobre:
Grau de investimentoGIlmar Mendes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.