País crescerá de 5% a 5,5% ao ano até 2010, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega,disse nesta quinta-feira, que a taxa de crescimento sustentáveldo país deve ficar entre 5 e 5,5 por cento ao ano no mínimo até2010. "Pelo menos até 2010 é absolutamente sustentável. Mais paraa frente poderemos crescer até mais", disse Mantega ajornalistas após reunião com representantes da AssociaçãoNacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em 2007, o crescimento foi de 5,4 por cento, segundo oInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o ministro, essa capacidade de crescimentosustentável deve se estender de 15 a 20 anos e terá apoio de umpacote de política industrial que o governo deve anunciar embreve. Mantega disse não estar preocupado com o conteúdo dorelatório de inflação divulgado nesta quinta-feira, que previuIPCA de 4,6 por cento para 2008, acima da meta de 4,5 porcento, fixada pelo governo. "Não há pressões inflacionárias a ponto de tirar a inflaçãodo centro da meta", afirmou o ministro. "Não estou preocupadocom a inflação de 2008 nem com a de 2009." Segundo ele, o aumento recente dos índices foi grandementepressionado pelos preços de alimentos, mas esse é um movimentopontual e será corrigido com o aumento da próxima safra. (Por Aluisio Alves)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.