País é sexto em lista dos 25 mais atraentes para investimentos estrangeiros.

País é sexto em lista dos 25 mais atraentes para investimentos estrangeiros.

BBC Brasil, BBC

13 de dezembro de 2007 | 08h35

O Índice de Confiança para Investimentos Estrangeiros Diretos 2007, publicado anualmente pela consultoria, listou os 25 países "mais atraentes" na avaliação de executivos de grandes empresas.Pelo quinto ano consecutivo, a China liderou o ranking. Em segundo veio a Índia, repetindo o resultado do ano passado, seguida pelos Estados Unidos. Ainda na frente do Brasil, estão Grã-Bretanha e Hong Kong. A Rússia, que junto com Brasil, Índia e China forma o grupo dos BRICs, veio em nono lugar. Brasil e México, que ficou na 19ª posição, foram os únicos países latino-americanos avaliados na pesquisa. O relatório destaca que "15 das 25 destinações mais atraentes são mercados emergentes" e aponta que "os investidores estão otimistas sobre as possibilidades dos países em desenvolvimento, mirando-os como alvo de mais investimentos nos próximos anos".O relatório mostrou que os fatores que mais influenciaram na determinação do grau de confiança dos investidores foram os riscos da economia americana, a volatilidade do dólar e o aumento das taxas de juros. De 2006 para 2007, a percepção dos investidores externos em relação ao Brasil melhorou 30%, a terceira melhor numa lista de dez países. A Índia registrou a maior melhora na percepção de investidores (36%), seguida pela China (35%). A Rússia ficou em nono (23%).A pesquisa ainda avaliou o índice de confiança de investidores por região e mostrou que para os investidores asiáticos, o Brasil é o quarto mais "confiável" para investimentos. Nas primeiras posições estão países da própria região: China, Índia e Vietnã. O Brasil cai para a oitava posição no índice de confiança dos investidores europeus e para sétima no dos norte-americanos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
brasilinvestimentoestrangeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.