País precisa abrir mais sua economia, diz FMI

A Índia deve liberalizar ainda mais suas regras sobre investimento estrangeiro e resolver questões fiscais controversas para melhorar a confiança do investidor e estimular os fluxos de capital, afirmou Laura Papi, diretora-assistente e chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) na Índia. O país enfrenta uma dramática desaceleração econômica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.