País tem superávit recorde de US$ 2,058 bi em junho

A conta de transações correntes do balanço de pagamentos do Brasil com o exterior apresentou um superávit recorde de US$ 2,058 bilhões em junho. Esse é o melhor resultado na história das contas externas do País, informou o Banco Central. Em junho do ano passado, a conta de transações correntes tinha apresentado um superávit bem inferior ao registrado nesse ano: US$ 475 milhões.No ano, a conta de transações correntes acumula um superávit até junho de US$ 4,415 bilhões (1,60% do PIB). No mesmo período do ano passado, as transações correntes eram superavitárias em US$ 517 milhões.O resultado histórico das contas externas do Brasil em junho refletiu o excelente desempenho da balança comercial, que registrou no mês o superávit também recorde de US$ 3,810 bilhões, influenciado pelas exportações de US$ 9,3 bilhões.A balança de transações correntes é composta pela balança comercial (exportações - importações), a balança de serviços (Fretes pagos e recebidos de navios estrangeiros, juros de empréstimos estrangeiros, lucros remetidos e recebidos do exterior, etc.) e as transferências unilaterais (donativos). Juntamente com a balança de capitais, compõe o balanço de pagamentos do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.