coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Países acertam comércio de suínos e de lagostim

Os governos do Brasil e da Argentina fecharam acordo para normalizar as exportações de suínos brasileiros para o mercado argentino em 2 mil de toneladas por mês, segundo informou ao Broadcast o ministro de Agricultura argentino Norberto Yauhar, após reunião que manteve com as presidentes Dilma Rousseff e Cristina Kirchner, nesta quinta, em Buenos Aires. "Atualmente, a indústria argentina importa cerca de 800 toneladas, mas já estamos acertando para que essa compra aumente para o volume anterior, de cerca de 2 mil toneladas", disse ele. Em troca, o Brasil concordou em importar 5 mil toneladas de lagostim argentino.

MARINA GUIMARÃES, Agencia Estado

25 de abril de 2013 | 23h37

"Serão quatro séries de 5 mil toneladas de lagostim e também avançamos na aprovação fitossanitária dos limões e começamos os estudos sobre as mexericas argentinas para serem exportadas ao Brasil", detalhou. O ministro argentino relatou que a Argentina retirou a laranja da pauta de reivindicações ao Brasil de liberação de seu mercado. "O Brasil produz muita laranja e isso geraria um problema aos produtores. Então retiramos isso da pauta", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasilArgentnasuínoslagostim

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.