Países ricos discutirão o petróleo neste fim de semana

O subsecretário do Tesouro dos EUA para Assuntos Internacionais, John Taylor, disse hoje que a reunião dos ministros das Finanças do G-8 (os sete países ricos mais Rússia), neste fim de semana, discutirá o impacto da alta dos preços do petróleo na economia global. "É provável que discutamos a importância de adotar medidas para reduzir os preços do lado da oferta e, naturalmente, na expectativa de que haja algum ajuste de produção por parte da Opep", disse.O subsecretário disse não acreditar que os custos da energia venham a prejudicar a recuperação da economia dos EUA. "Vejo uma desaceleração, mas isso não deverá ser uma questão importante, porque há muito vigor na economia norte-americana", afirmou.O subsecretário afirmou ainda que os ministros do G-8 deverão discutir as pressões inflacionárias e o superaquecimento da China. Para ele, a China não é uma ameaça à economia global, porque o governo deu a entender que adotará as medidas necessárias para conter a inflação.Segundo Taylor, a agenda do encontro do G-8 inclui ainda discussões sobre como melhorar a eficiência do FMI e do Banco Mundial, formas de promover o desenvolvimento econômico no Oriente Médio e maneiras de reduzir o custo das remessas de dinheiro de trabalhadores imigrantes dos países desenvolvidos em que vivem para os países de origem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.