coluna

Louise Barsi: O Jeito Waze de investir - está na hora de recalcular a sua rota

Países trabalham em ação coordenada contra crise, diz Brown

Primeiro-ministro do Reino Unido acrescentou ser necessário reduzir as taxas de juro e os impostos ainda mais

Cynthia Decloedt, da Agência Estado

18 de fevereiro de 2009 | 11h35

O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, disse que ele e vários outros líderes mundiais estão desenvolvendo uma solução coordenada para a crise econômica global, mas acrescentou ser necessário reduzir as taxas de juro e os impostos ainda mais.   Veja Também: De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise   "Acredito que estamos desenhando, para o futuro, um acordo global, uma grande barganha, onde cada continente aceitará suas responsabilidades e suas obrigações para lidar com um problema global que somente poderá ser resolvido a partir de uma solução global", afirmou em sua entrevista mensal com vários representantes da imprensa.   Uma ação global coordenada será o foco do encontro do G-20 previsto para 2 de abril, disse Brown. O primeiro-ministro britânico ressaltou que os países precisam também trabalhar juntos para melhorar a supervisão dos bancos e tomar ações contra paraísos fiscais e regulatórios. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.