Palocci admite discussão sobre IR no Congresso

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, assegurou hoje que há disposição do governo de dialogar com o Congresso Nacional, ainda este ano, para discutir uma proposta de mudanças na tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física. As mudanças entrariam em vigor em 2005. "Não há nenhuma dificuldade para isso", afirmou o ministro. Ele reiterou que tem o compromisso de discutir com o Congresso e as lideranças sindicais a possibilidade de fazer mudanças de maneira mais efetiva no Imposto de Renda e destacou que o Ministério da Fazenda está fazendo os estudos finais. Na semana passada, o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, havia dito que, se depender da Receita Federal, não haveria mudanças na tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física em 2005. Segundo ele, a preocupação da Receita é com o risco de uma mudança na tabela aumentar a injustiça tributária. Na ocasião, Rachid destacou que essa era posição "eminentemente" técnica e já havia manifestado essa preocupação ao ministro Palocci. O secretário lembrou ainda que mudanças na tabela do IRPF afetariam diretamente o caixa dos Estados e municípios, já que 47% da arrecadação do tributo são repartidos com os governos regionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.