Palocci afirma que a geração de emprego é forte neste ano

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, ao comentar o desemprego recorde, divulgado hoje, disse que o Brasil, neste momento, ainda não conseguiu enfrentar o problema na dimensão que o País exige, mas afirmou que a geração de emprego é forte neste ano.Segundo o ministro, o que está acontecendo hoje no Brasil é "um fenômeno de aumento da procura de emprego e do número de vagas abertas". Palocci disse que no primeiro trimestre deste ano foram criadas mais vagas do que nos últimos 12 anos. Na avaliação do ministro, o aumento do desemprego "mostra que mais pessoas estão procurando emprego".Palocci não quis comentar a declaração do presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, de que o índice divulgado hoje, de 20,6% de desemprego em São Paulo, em março, calculado pela fundação Seade-Dieese, "beira o caos social". O ministro disse apenas: "Cada um tem o direito de fazer seu comentário".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.