finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Palocci debaterá necessidades futuras do País com FMI

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse hoje, no programa "Bom dia, Brasil", da Rede Globo, que, nos encontros que terá, hoje, com o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional, Horst Köhler, e amanhã, com o secretário do Tesouro norte-americano, John Snow, além de ministros da economia de vários países, vai debater as necessidades futuras do Brasil e a relação com o Banco Mundial, com o FMI e com outros países. Segundo ele, a questão da possibilidade de um novo acordo do País com o FMI "certamente vai ser abordada em reuniões como essas". "Mas nós não estamos, no momento, negociando um novo acordo", ressaltou. "Isso será feito só a partir do final de outubro, a partir da avaliação das nossas contas e da definição da necessidade ou não desse acordo. Não há, ainda, uma definição final do governo". As declarações foram feitas em entrevista por telefone, de Dubai, nos Emirados Árabes, onde Palocci está participando de reunião do Comitê de Desenvolvimento do FMI.

Agencia Estado,

22 de setembro de 2003 | 08h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.