Palocci discute agenda mínima com empresários

Discretamente e sem alarde, o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, reuniu ontem um grupo restrito de empresários em um jantar em São Paulo. Fora da agenda oficial, o encontro faz parte da estratégia do ministro de buscar apoio em torno dos avanços da economia nesse momento de crise política.Depois do susto na semana passada, quando os mercados sentiram mais fortemente o impacto do agravamento da crise, a preocupação agora é evitar a todo custo a contaminação da economia.Desde o início das primeiras denúncias de corrupção nos Correios, o ministro da Fazenda tem mantido uma posição discreta, fora dos holofotes, mas a maior parte do seu tempo é dedicada às negociações que diretamente ou indiretamente estão ligadas à crise.Palocci praticamente transferiu o seu gabinete para o Palácio do Planalto, onde passa a maior parte do seu tempo. O ministro tem despachado pouco no Ministério da Fazenda e os seusprincipais assessores muitas vezes têm que ir até o Palácio para levar assuntos ligados à pasta.Com o fim do recesso branco do Congresso, Palocci quer dar prosseguimento à agenda econômica. Por isso, é bem-vinda a mobilização dos empresários em torno de uma "agenda mínima". Amanhã, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá uma reunião com lideranças empresariais para discutir a situação econômica do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.