Palocci diz que ajuste severo funcionou

Em uma entrevista à revista norte-americana Newsweek, que chega às bancas esta semana, o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, declara que a política econômica do governo Lula não é ?conservadora?, mas sim ?necessária?. ?Nossa meta era produzir um choque positivo em um processo econômico que estava saindo do controle. Por isso adotamos uma política de ajuste severo. E funcionou?, afirma.Demonstrando otimismo, Palocci faz uma avaliação positiva dos primeiros seis meses de governo na sua área. ?As coisas estão muito positivas. O remédio é amargo agora porque a doença é séria. As pessoas sabem que não existe mágica.?O ministro diz ainda que o presidente tinha consciência de que as medidas não seriam populares. ?Poderíamos ter deixado a inflação solta e provocado uma onda de crescimento. Mas isso teria levado a uma explosão de preços e a uma desconfiança em relação à sustentabilidade do pagamento da nossa dívida. Então nós trancamos a dúvida do lado de fora e construímos uma política para restaurar a estabilidade. Assim que o Brasil estiver estável, poderemos preparar para crescer.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.