Palocci diz que Copom tem decisão técnica sobre juros

O ministro da Fazenda, Antônio Palocci, foi mais uma vez cauteloso hoje ao comentar a possibilidade de queda da taxa básica de juros, ante a redução da inflação. "No determinado prazo isso deve acontecer. A inflação caindo puxa a política monetária para juros mais baixos", disse. Segundo ele, a redução dos juros é uma "decisão técnica" do Comitê de Política Monetária (Copom). O ministro disse que vai "acompanhar" o Copom e oferecer todo o apoio.Palocci disse que não vê um quadro recessivo na economia brasileira. Ele citou como exemplo positivo o desempenho dos setores de agronegócios e exportador. Segundo o ministro, o agronegócio brasileiro é um dos que mais cresce no mundo. Ele minimizou o resultado divulgado pelo IBGE que mostrou queda de 4,2% na produção industrial do País em abril deste ano ante o mesmo mês do ano passado.Palocci argumentou que abril deste ano foi um mês com um menor número de dias úteis e que houve uma grande expansão em abril do ano passado que os analistas têm dificuldade de explicar. "É preciso olhar os dados como um todo no ano", disse.O ministro também citou o desempenmho da balança comercial, que acumula no ano um superávit de US$ 8,5 bilhões. Esse resultado obtido até agora, segundo ele, indica que o País terá um saldo comercial "muito significativo" em 2003. Admitiu, porém, a existência de dificuldades no mercado interno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.