Palocci espera decisão do FMI para comentar possível saque

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, disse hoje que só falará sobre a possibilidade de o Brasil sacar US$ 4,6 bilhões do Fundo Monetário Internacional após a decisão da diretoria (board) da instituição. "Nós não costumamos falar sobre esse assunto antes da decisão do board, mas depois que a decisão for tomada, nós avisaremos vocês", afirmou. A decisão da diretoria do Fundo será tomada amanhã. O ministro também comentou que o governo está seguro da política econômica que está seguindo, mas que apesar disso está disposto a ouvir sugestões de todos os setores da sociedade. Ele disse desconhecer uma pauta do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, que contenha críticas à atual política econômica do governo. "Nós não conhecemos essa pauta do Conselho e, assim que a conhecermos, vamos discuti-la", afirmou o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.