Palocci recebe missão do FMI amanhã

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, receberá amanhã, a partir das 11h30, a missão de técnicos do Fundo Monetário Internacional (FMI) que está no País para fazer a segunda revisão da extensão doacordo firmado pelo Brasil em 2002. Esse será o primeiro encontro dos técnicos do Fundo com o ministro.A revisão promete ser rápida, já que o governo brasileiro cumpriu todas as metas estabelecidas para o primeiro trimestre de 2004. A meta fiscal mais importante, o superávit primário das contas públicas, foi cumprida com expressiva folga. Como sempre, a agenda de encontros dos técnicos do Fundo não será oficialmente divulgada. A equipe do FMI está sendo coordenada por Phil Gerson, que substitui o chefe oficial Charles Collyns, que por motivos pessoais não pôde vir ao Brasil para esta revisão. Como o governo cumpriu as metas fixadas a equipe de técnicos do Fundo deverá recomendar a aprovação da revisão junto à diretoria do FMI. A aprovação pelo grupo de diretores da instituição garantirá ao governo brasileiro o direito de sacar o equivalente a US$ 1,3 bilhão.O secretário do Tesouro Nacional, Joaquim Levy, garantiu entretanto que o governo não deverá sacar esse dinheiro, assim como foi feito ao final da primeira revisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.