Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Palocci reclama de falta de participação no FMI e Banco Mundial

O ministro da Fazenda Antônio Palocci, considerou "um sucesso" a reunião conjunta de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial (Bird). Entretanto, ele qualificou como "decepcionante" o fato de o encontro não ter avançado no que diz respeito à cota de participação dos países em desenvolvimento nas duas instituições. "Há cinco anos discutimos esse assunto e não se avança", disse o ministro à Agência Brasil, por meio de sua Assessoria de Imprensa.A reunião terminou hoje, em Washington (EUA), com a divulgação de um documento em que as duas instituições apresentam a melhora da economia mundial como momento oportuno para se fortalecer o processo de crescimento econômico e impulsionar o processo de erradicação da pobreza, especialmente nos países africanos. O otimismo do fundo tem como base o documento "Panorama Econômico Mundial", divulgado no dia 21, que projeta crescimento da economia global de 4,6% este ano, contra os 4% da última projeção, há seis meses. Para o Brasil, a previsão é de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 3,5%, neste ano e no próximo (veja mais nos links abaixo).As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

25 de abril de 2004 | 19h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.