Palocci silencia sobre ajuda às montadoras

O silêncio foi a resposta do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, para as perguntas sobre o acordo que o governo negocia com as montadoras de veículos e sindicatos para reduzir o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos carros.O ministro alegou que o assunto não estava na pauta da entrevista. A entrevista foi concedida por Palocci para falar sobre a missão do FMI que está no Brasil para a penúltima revisão do acordo. Ontem, o ministro do Planejamento, Guido Mantega, confirmou que o governo vai reduzir as alíquotas do IPI dos automóveis. Em troca, as montadoras terão de assumir o compromisso de não demitir e não aumentar a margem de lucro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.