Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Palocci tenta explicar o aumento do desemprego

O ministro da Fazenda, Antônio Palocci, culpou hoje o aumento na procura por trabalho pelo crescimento do desemprego em março, divulgado hoje pelo IBGE. Segundo ele, em 2003 e nos três primeiros meses deste ano foram criados 997 mil empregos com carteira assinada. "Ao mesmo tempo, você tem um aumento na procura do emprego o que faz com que o registro do desemprego seja elevado. Esses dados parecem contraditórios, mas não são contraditórios, são dados reais do que está acontecendo na economia hoje", afirmou após palestra em seminário em Nova York.Palocci frisou que o número de criação de vagas formais nos três primeiros meses deste ano é o maior índice dos últimos 12 anos. Para ele, está ocorrendo "uma mudança no mercado de trabalho e dos eixos produtivos". O ministro disse que o interior está criando o dobro do número de empregos das capitais e nas capitais há uma procura real por emprego, o que faz com que os índices de desemprego aumentem.Palocci disse que o agronegócio tem sido o principal responsável pela criação de empregos no interior e também nas cidades, já que o desenvolvimento do agronegócio garante novos postos de trabalho em serviços.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.