Palocci terá que explicar recursos aplicados no Banco Santos

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou na manhã desta quarta-feira um requerimento a ser encaminhado ao ministro da Fazenda, Antonio Palocci, pedindo esclarecimentos sobre a existência de recursos de entidades públicas no Banco Santos S.A. e sobre as aplicações dos fundos de pensão nesta instituição. O Banco Santos está sob intervenção do Banco Central desde 12 de novembro. O requerimento foi apresentado pelo senador César Borges (PFL-BA).Na semana passada, a CCJ aprovou um outro requerimento, este solicitando do presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, informações sobre o valor das aplicações feitas pelo Banco do Nordeste e pelas empresas Copel, Sanepar e Itaipu Binacional e suas respectivas fundações no Banco Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.