Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

Panasonic fecha 2 fábricas no Japão; plano é desativar 50

Decisão faz parte do projeto de reestruturação da companhia, que custará 345 bilhões de ienes (US$ 3,53 bi)

Ana Conceição, da Agência Estado,

27 de março de 2009 | 11h07

A Panasonic Corp. informou nesta sexta-feira, 27, que irá fechar duas fábricas no Japão, uma de semicondutores, em Kyushu, e outra de componentes eletrônicos, em Ehime. Ambas serão desativadas entre setembro e outubro.

 

A decisão faz parte do projeto de reestruturação da companhia, pelo qual 50 fábricas serão fechadas até o final do próximo ano fiscal, em março de 2010.

 

A Panasonic reservou 345 bilhões de ienes (US$ 3,53 bilhões) para custear sua reestruturação no ano fiscal que termina neste mês e espera prejuízo líquido de 380 bilhões de ienes (US$ 3,88 bilhões) no período.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraJapãoEmpresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.