Pane da CVM afeta divulgação de balanços

Uma pane nos sistemas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) impediu a publicação dos resultados financeiros de 2011 programados para a noite de quarta-feira e parte da manhã de ontem. A confusão em meio à temporada de balanços afetou o arquivamento dos dados de Vale, Gerdau, TIM Participações, Comgás e Equatorial Energia. O site da CVM ficou 14 horas sem atualizações.

O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2012 | 03h03

Segundo o órgão, as falhas no Sistema de Informações Periódicas (IPE) e o Empresas.Net começaram às 19h40 de quarta-feira. A CVM apontou que os programas sofreram um problema técnico que foi solucionado pela BM&FBovespa às 10h20 de ontem. A Bolsa é a responsável pela operação dos sistemas. "A CVM acompanhou o problema e levará em conta essa circunstância específica nos casos que venham a ser analisados", informou a nota enviada pela autarquia.

A BM&FBovespa informou que a pane decorreu de falha de configuração do sistema, o que inviabilizou o envio dos informes ao site da CVM. O sistema de monitoramento da Bolsa não identificou a ocorrência porque o IPE estava ativo.

A falha atrapalhou a divulgação dos números da Vale, que optou por divulgar seu balanço na Bolsa de Valores de Nova York e em seu site de Relações com Investidores. Os dados acabaram sendo recebidos primeiro no exterior. Por causa disso, a mineradora informou que buscará um "plano B" para a publicar seus resultados. Com publicação programada para as 20h de quarta, o documento da Vale só foi registrado na CVM às 11h23 do dia seguinte.

O balanço da Gerdau só foi arquivado às 10h38 de ontem. Os resultados de 2011 da Comgás foram publicados na imprensa, assim como os da Telefônica Brasil. Já a TIM Participações a adiou sua teleconferência para apresentação dos resultados em meia hora. / MARIANA DURÃO e F.G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.