Panelaços são registrados durante pronunciamento de Temer

Presidente anunciou medidas para conter greve dos caminhoneiros; houve protestos em SP, Rio, Brasília e outras cidades

Daniel Galvão e Victor Rezende, O Estado de S. Paulo

27 Maio 2018 | 22h54

SÃO PAULO - Panelaços foram ouvidos na noite deste domingo, 27, em diversos lugares durante o pronunciamento do presidente Michel Temer, que anunciou a redução de R$ 0,46 no preço do diesel por 60 dias, para tentar acabar com a greve dos caminhoneiros, entre outras medidas. 

Em São Paulo, houve registros de protestos em Moema, Perdizes, Jabaquara, Pompeia, Bela Vista e centro. No Rio, manifestações foram realizadas em prédios dos bairros de Ipanema, Laranjeiras, Flamengo, Tijuca e Barra da Tijuca. Pessoas gritaram  “Fora Temer” nas janelas e pediram a renúncia do presidente.

++ Novo acordo de Temer com caminhoneiros terá edição de 3 MPs; veja medidas anunciadas

Brasília, Niterói, Belo Horizonte, Águas Claras (DF), Porto Alegre, Recife, Balneário Camboriú (SC), Salvador, entre outras cidades, também tiveram registro de manifestações com panelas. 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.