Panetone chega aos supermercados 10% mais caro

Faltam pouco mais de dois meses para o Natal, mas algumas redes de supermercados já iniciaram a venda dos tradicionais panetones. E a má notícia para o consumidor é que o produto chegou às gôndolas com um reajuste médio de 10% em relação aos preços de 2007. Segundo Martinho de Paiva Moreira, vice-presidente de Comunicação da Associação Paulista de Supermercados (Apas), o aumento é conseqüência do reajuste no preço da farinha trigo para a indústria. Moreira afirma que os fabricantes arcaram com um aumento de cerca de 20% entre agosto do ano passado e o mesmo período deste ano, quando foram fechados os contratos de fornecimento de panetones com o comércio. Parte do reajuste pago pelos supermercados foi repassado aos consumidores, o que representou mais 10% no valor final. Apesar do aumento de preços, a Apas acredita num crescimento entre 5% e 6% nas vendas do produto em relação a 2007. De acordo com Moreira, a cifra já contempla possíveis efeitos da crise internacional sobre o setor. Para o representante dos supermercados, os preços não devem sofrer aumentos significativos até o Natal. ?Se houver serão pequenos?, afirmou sem detalhar porcentuais. A Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) e a Pandurata Alimentos, fabricante das marcas Bauducco, Tommy e Visconti não quiseram comentar o reajuste. As informações são do Jornal da Tarde.

AE, Agencia Estado

04 Outubro 2008 | 08h43

Mais conteúdo sobre:
Natal panetone reajuste

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.