, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2010 | 00h00

País pode ter 1.ª usina nuclear flutuante

A região de Tchukotka, no extremo oriente da Rússia, estuda a construção da primeira usina nuclear flutuante do mundo para solucionar seus problemas de energia. O governo local informou que as autoridades do município de Chaunsk avaliam o impacto que a central teria no ambiente natural da região, segundo a agência Interfax. As autoridades decidiram consultar a população local e organizaram uma exposição sobre o projeto. A central flutuante, que seria instalada na localidade de Pevek, tem construção prevista nos estaleiros de Severodvinsk, às margens do Mar Branco. Além disso, seria preciso construir em Pevek uma estação de transmissão de eletricidade e uma instalação hidrotécnica para ligar a central com os centros populacionais e as indústrias da região.

ENERGIA RENOVÁVEL

EUA devem dobrar produção até 2012

A Casa Branca divulgou relatório mostrando que os investimentos federais deverão dobrar a capacidade de geração de energia renovável do país até 2012. O governo está investindo US$ 100 bilhões em projetos de ciência e tecnologia como parte da Lei de Recuperação aprovada no ano passado. Esses investimentos incluem, além de energia renovável, projetos para construir veículos elétricos, expansão do acesso à banda larga, entre outros. Obama já havia dito que a iniciativa visa a transformar os EUA líder na produção de energia renovável.

Mais recursos

FGTS tem caixa reforçado para programas habitacionais e de infraestrutura

R$ 23 bilhões é o orçamento para habitação popular, R$ 3 bilhões a mais do que o orçamento anterior

R$ 11 bilhões é o novo orçamento para infraestrutura urbana; antes o orçamento era de R$ 8 bilhões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.