Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Panorama Econômico

ARGENTINA

, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2010 | 00h00

Empresa que não investir pode ser punida

O governo da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, estuda um projeto de lei para castigar as empresas que não realizam investimentos no país. A ideia é cobrar uma taxa extra de 5% sobre o imposto de renda de pessoas jurídicas. Os recursos

seriam destinados a um fundo para financiar a criação de um banco de desenvolvimento.

FINANÇAS

Presidente mundial do HSBC deve deixar cargo Michael Geoghegan, presidente mundial do HSBC, está pronto para deixar o cargo até o fim do ano, informa o site do Financial Times. Ele foi o executivo que criou as operações do HSBC no Brasil em 1997, quando o banco comprou o Bamerindus. Desde então, contribuiu para colocar o País entre as prioridades mundiais da instituição financeira.

ESTADOS UNIDOS

Câmara estuda aplicar sanções contra a China

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pode votar na próxima semana projeto de lei que poderia levar à aplicação de sanções contra a China por conta das suspeitas americanas de que o país asiático promove manipulação cambial, declarou ontem o deputado Steny Hoyer (democrata), líder da maioria governista na Casa. Um dia depois de a presidente da Câmara, Nancy Pelosi (democrata) ter declarado pela primeira vez em público seu apoio à legislação. Hoyer disse que apoia a medida e que os deputados poderiam votá-la já na semana que vem.

Alta nos preços

Alimentos e tarifas de água e esgoto puxaram o IPC-S na segunda metade do mês

0,40%

foi o avanço do Índice de Preços ao Consumidor Semanal na terceira prévia de setembro

0,63%

foi aumento do grupo Alimentação, com destaque para arroz

e feijão e frutas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.