Panorama Econômico

CHINA E RÚSSIA

, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2010 | 00h00

Economia global ainda precisa de estímulos

China e Rússia afirmaram, em comunicado conjunto, que os países ao redor do mundo deveriam manter políticas de estímulo econômico com base nas condições de suas economias, enquanto também mantêm a estabilidade financeira. O comunicado, que se seguiu à visita de Estado do presidente russo, Dmitry Medvedev, ao país, afirmou que embora a economia mundial esteja se recuperando, parte dos problemas principais não foi totalmente solucionada.

LOGÍSTICA

Navio da Vale deve ficar pronto em 2011

A Vale espera que o primeiro de uma série de grandes navios cargueiros de minério de ferro esteja pronto em 2011, como parte de um projeto da companhia para redução dos custos de transporte do Brasil para seus principais clientes na Ásia.

FINANÇAS

Western Union amplia atuação no Brasil

A Western Union, maior empresa mundial de transferências de pagamentos, disse ter recebido aval para atuar como banco comercial e corretora de câmbio no Brasil. Com a permissão, o serviço de transferência internacional passa a ser feito diretamente aos consumidores. A aprovação, com efeito imediato, também possibilita que o Western Union apresente novos serviços financeiros, incluindo o pagamento de contas e cartões pré-pagos no Brasil.

Mais crédito

Governo da Grécia chega a acordo com os bancos comerciais do país 25 bilhões

é o valor que os bancos vão injetar na economia grega

55 bilhões

é o total que os bancos receberam em garantias do governo, dos quais 30 bi foram dados no governo anterior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.