, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2010 | 00h00

País compra US$ 21,7 bi em papéis americanos

A China continuou comprando papéis do Tesouro dos Estados Unidos (Treasuries) em agosto, pelo segundo mês seguido, e manteve a posição de maior detentor internacional desses títulos, mostrou o relatório mensal do Tesouro sobre capital estrangeiro. Em agosto, a China adquiriu US$ 21,7 bilhões, elevando para US$ 868,4 bilhões o total de sua posição em Treasuries. Em julho, a China comprou US$ 3 bilhões. O Japão, segundo maior detentor de Treasuries, elevou para US$ 836,6 bilhões sua posição, de US$ 821 bilhões em julho.

PETRÓLEO

BP vende ativos na Venezuela e Vietnã

A petroleira BP concordou em vender ativos na Venezuela e no Vietnã para sua joint venture russa TNK-BP por US$ 1,8 bilhão, em uma intensificação do programa da companhia britânica para pagar pelos custos do vazamento de petróleo no Golfo do México.

COMÉRCIO EXTERIOR

Balança tem 1º déficit semanal desde julho

A balança comercial brasileira registrou déficit semanal pela primeira vez desde o fim de julho. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior informou que, na terceira semana de outubro, o saldo foi negativo em US$ 265 milhões. As exportações somaram US$ 3,018 bilhões e as importações, US$ 3,283 bilhões.

Ritmo da inflação

Produtos agropecuários no atacado e alimentos no varejo puxam ligeira alta do IGP-10

1,15%

foi o Índice Geral de Preços-10 em outubro, depois de registrar 1,12% em setembro

4,56%

foi a inflação dos alimentos no atacado, mais do que o dobro do registrado em setembro (2,21%)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.