Panorama Econômico

FINANÇAS

, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2010 | 00h00

Santander: 27% do lucro deve sair do Brasil

O presidente do Banco Santander, Emílio Botin, disse que cerca de 83% do lucro líquido do banco este ano virá de fora da Espanha e que espera uma contribuição de 27% do Brasil no resultado. No primeiro semestre, o lucro brasileiro respondeu por 22% do resultado global do banco. O balanço do banco será divulgado na quinta-feira.

JAPÃO

Governo aprova orçamento extra

O governo do Japão aprovou um orçamento extra de US$ 59,8 bilhões para financiar um pacote de estímulo econômico que pretende reanimar a lenta recuperação econômica do país. O plano de gastos é o mais recente passo tomado pelo Partido Democrático no combate às ameaças impostas pela valorização do iene e pela deflação..

ENERGIA

Dez hidrelétricas são habilitadas para leilão

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) divulgou ontem lista de 10 hidrelétricas habilitadas para o próximo leilão de energia com contratos para entrega em até cinco anos, marcado para o dia 17 de dezembro. Ao todo, as usinas têm potência instalada de 3.676 MW, sendo que a maior delas, a Teles Pires, no Mato Grosso, responde sozinha por quase a metade desse valor (ou 1.820 MW). A EPE anunciou que o leilão vai licitar também 450 MW da ampliação de Jirau, usina concedida em 2008, com potência total de 3.300 MW.

"É uma receita de concessão como outra qualquer. Como sempre foi (sobre a capitalização da Petrobrás ter garantido receita extra aos cofres da União)."

Arno Augustin

SECRETÁRIO DO TESOURO NACIONAL

INFLAÇÃO

Preço dos alimentos ajuda a acelerar o Índice de Preços ao Consumidor de São Paulo

1.03%

foi o IPC-Fipe na terceira quadrissemana de outubro em relação ao 0,96% da semana anterior

2,91%

foi a contribuição dos alimentos na formação do índice

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.