Panorama Econômico

POLÍTICA MONETÁRIA

, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2011 | 00h00

BC da Inglaterra não cogitou mexer nos juros

O Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra não chegou nem perto de elevar a taxa de juro na última reunião, em meio a preocupações sobre a força da economia, que contrabalançaram os riscos inflacionários, mostrou a ata divulgada ontem. O BC manteve a divisão de 6 votos a 3 em favor da manutenção do juro em 0,5%, segundo a ata do encontro de 6 e 7 de abril, dizendo que as perspectivas inflacionárias não mudaram o suficiente para alterar a visão do banco.

IMPOSTO DE RENDA

Receita recebeu menos de 50% das declarações

Faltando apenas nove dias para o fim do prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física, metade dos contribuintes ainda não prestou contas ao governo. Segundo a Receita Federal, 11,8 milhões de brasileiros enviaram o documento até as 15h25 de ontem.

A expectativa é de recebimento de cerca de 24 milhões.

JAPÃO

Exportação recua mais do que o estimado

As exportações do Japão caíram 2,2% em março em relação ao mesmo mês do ano anterior, indicando que os embarques continuarão a prejudicar o crescimento econômico após o terremoto e o tsunami que geraram uma crise nuclear. A previsão era de recuo de 1,5%. É o primeiro declínio em 16 meses. As importações subiram 11,9 %.

Páscoa amarga

A compra dos tradicionais ovos de Páscoa deve pesar mais no bolso do consumidor este ano

10,63%

foi o aumento dos preços entre março e abril em sete cidades brasileiras

12,21%

foi o maior aumento médio registrado pela FGV em Brasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.