Panorama Econômico

FINANÇAS

, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2011 | 00h00

BIS estuda ações para evitar "superbancos"

O Banco para Compensações Internacionais (BIS) identificou - sem nomear - 28 bancos considerados grandes demais para falir e recomendou que essas instituições atendam a exigências de capital mais elevadas para desencorajá-las a aumentar sua importância global no futuro. Os reguladores ressaltaram que a lista pode evoluir.

JAPÃO

FMI vê na economia do país sinais de retomada

A economia do Japão está mostrando sinais de recuperação após o terremoto e o tsunami de março e poderá se expandir no fim deste ano, afirmou o Fundo Monetário Internacional (FMI) em avaliação econômica anual. Segundo o FMI, a economia deve se contrair 0,7% em 2011. Mas o crescimento deverá se recuperar para 2,9% em 2012.

ESTADOS UNIDOS

Construção de novas moradias sobe 14,6%

O número de novas construções residenciais subiu 14,6% em junho nos EUA em relação ao mês anterior, para o nível anual sazonalmente ajustado mais elevado em cinco meses, de 629 mil, informou o Departamento do Comércio. O número de maio foi revisado em baixa para 549 mil. A previsão era de aumento de 2% nas novas obras de imóveis residenciais. O nível das novas construções continua, entretanto, abaixo da média anual de 1 milhão a 1,5 milhão que os economistas consideram saudável.

Pé no freio

Demanda das empresas por crédito desacelera no 1º semestre

1,5%

foi o crescimento do número de empresas no País que buscou crédito entre janeiro e junho deste ano. No ano passado, no mesmo período, o avanço foi de 9,4% e de 5,8% no segundo semestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.