, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2011 | 00h00

Parlamento aprova orçamento extra

O Parlamento japonês aprovou ontem um orçamento extra de 2 trilhões de ienes (US$ 25 bilhões) em obras após o terremoto e o tsunami de março, abrindo caminho para que gastos maiores com a reconstrução do país envolvam novos financiamentos e aumentos de impostos. O nordeste do Japão foi devastado por essas catástrofes.

CHINA

PIB deve desacelerar

no segundo trimestre

O crescimento anual da China deve desacelerar para 9,3% no terceiro trimestre, depois dos 9,5% no segundo trimestre, previu a Escola Nacional de Desenvolvimento da Universidade de Pequim. O instituto previu que a inflação anual média ficará em torno de 5,9% entre julho e setembro, comparado a 5,4% na primeira metade do ano.

INVESTIMENTOS

Analista vê espaço ainda para investir em ouro

Apesar de o ouro ter subido 500% em uma década, ainda há espaço para subir mais, segundo uma análise enviada por e-mail pela revista Forbes aos leitores cadastrados. Segundo Curtis Hesler, responsável pela análise e criador do indicador de longo prazo para o ouro, o enfraquecimento do dólar e o interesse de países como China, Índia e Rússia em aumentar a proporção do ouro em suas reservas devem continuar impulsionando o preço do metal. Hoje, a cotação da onça do ouro está na faixa dos US$ 1.600.

Fatia do mercado

Emprego no setor bancário cresceu no primeiro trimestre

6.851 vagas

novas foram criadas no período, segundo divulgou o Dieese. O saldo positivo representa

apenas 1,3% dos 525.565 postos de trabalho criados por toda a economia brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.