Pão de Açúcar aposta na aprovação da união com Sendas

O grupo Pão de Açúcar divulgou na noite desta terça-feira uma comunicado afirmando que foi surpreendido pela decisão da Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda (Seae) de impedir mudanças nas estruturas do Pão de Açúcar e do Sendas enquanto o Conselho de Defesa Econômica (Cade) não julgar a associação das empresas para operarem no comércio varejista do Rio de Janeiro.Segundo a nota, os dois grupos "acreditam fortemente na aprovação dessa associação, tendo em vista que não haverá concentração excessiva". A nota diz que varejo no Estado do Rio de Janeiro é "altamente fragmentado", o que garante concorrência. O Pão de Açúcar diz no documento que as duas empresas "estão confiantes na condução regular do processo e acreditam que as análises conduzirão à aprovação dessa associação".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.