Pão de Açúcar ganha disputa com família Sendas

O empresário Abílio Diniz, dono do Pão de Açúcar, ganhou uma disputa milionária com Arthur Sendas, um dos donos da rede Sendas, do Rio de Janeiro. Na semana passada, um tribunal de arbitragem da Fundação Getúlio Vargas, do Rio de Janeiro, rejeitou o pedido de Sendas para obrigar o Pão de Açúcar a comprar ações da rede carioca por R$ 700 milhões.A origem da disputa está no contrato assinado em 2004, quando o Pão de Açúcar comprou 42,57% da Sendas. A família Sendas ficou com outros 42,57% e investidores financeiros têm o resto das ações. O contrato previa que a família Sendas poderia vender o resto de sua participação para o Pão de Açúcar em três etapas, até 2013. Ou poderia antecipar a venda se o controle do Pão de Açúcar mudasse de mãos.Quando parte do capital do Pão de Açúcar foi vendido para o grupo francês Casino, em 2005, a família Sendas passou a cobrar a antecipação do contrato. Diniz negou que tivesse vendido o controle da rede e foi preciso levar a disputa para a Câmara de Arbitragem da FGV. A decisão tem caráter definitivo: ao participar da Câmara de Arbitragem, as duas partes concordaram que não poderiam recorrer da decisão. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.