Pão francês já está mais caro em SP

A alta do trigo no mercado internacional e a mudança de fornecedor estrangeiro - o País está importando a matéria-prima dos Estados Unidos em lugar da Argentina - já afetou o preço do pão francês. Segundo o presidente do Sindicato da Indústria de Panificação do Estado de São Paulo (Sindipan), Frederico Maia, as padarias estão reajustando seus preços e podem continuar a fazê-lo, caso a saca de farinha registre novo aumento.O preço médio na capital paulista, que era de R$ 0,17 em maio, já havia subido para uma média de R$ 0,19 em junho e está chegando a R$ 0,20 este mês, com picos de R$ 0,25 em alguns estabelecimentos. "Os aumentos de custos não cessaram", alerta Maia. Ele ressalta ainda que as panificadoras tiveram de repassar o aumento de energia e de gás, que também compõem o preço do pãozinho.A farinha de trigo representa cerca de 25% do custo do produto final. Maia não soube especificar em quanto a energia e o gás influenciam o custo final.

Agencia Estado,

12 de julho de 2002 | 10h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.