Papai Noel no orelhão

Crianças e sua espontaneidade já são, há tempos, a marca registrada das campanhas da Oi. Mesmo repetindo a receita, a operadora de telefonia e a agência NBS conseguiram inovar no filme de Natal para internet e TV. A companhia instalou, em Ipanema, no Rio de Janeiro, um orelhão com o qual crianças poderiam falar com Papai Noel. Câmeras escondidas registraram a reação de 30 crianças que falavam com Papai Noel e seu ajudante, interpretados, do outro lado da linha, por atores do Retiro dos Artistas. Papai Noel pede às crianças que procurem um duende que está perdido. Na mesma hora, um ator vestido de duende passa na frente da criança, que fica surpresa. O bom velhinho também pede à criança para pegar um presente que ele deixou ali (na verdade, um contrarregra deixa o presente). Por fim, a criança é rodeada por garotos do Coral Associação Harmonicanto e Cidadania da Comunidade Cantagalo. /LÍLIAN CUNHA

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.