Reuters
Reuters

Papai Noel tem 94% do corpo tatuado e usa piercings nos mamilos

Vitor Martins, de 59 anos, é o Papai Noel mais tatuado do mundo e prefere rock pesado às canções natalinas

O Estado de S. Paulo

08 Dezembro 2014 | 11h21

SÃO PAULO - O Papai Noel mais tatuado do mundo usa piercings nos dois mamilos e tem 94% do seu corpo coberto por tatuagens.

Apesar das tatuagens, ele começou mais um ano de trabalho alegrando a festa de Natal das crianças de São Caetano do Sul neste fim de semana.

O Papai Noel Vitor Martins, de 59 anos, prefere músicas de bandas metálicas AC/DC e Black Sabbath do que as canções natalinas.

Tirando a barba e cabelos brancos naturais, bochechas rosadas e barriguinha saliente, Martins é completamente diferente de outros Papais Noéis.

Ele diz que só não tem tatuagem no rosto porque isso dificultaria o seu trabalho, mas o resto do corpo é tomado por desenhos, desde o contorno da unha do pé até atrás da orelha.

As luvas brancas escondem as tatuagens das mãos. Publicitário e artista plástico no resto do ano, Martins fez a primeira tatuagem aos 33 anos e, desde o início, tinha como plano preencher todo o corpo com desenhos.

Aos 46 anos, já com o corpo coberto por tatuagens, ele começou, por acaso, a atuar como Papai Noel.

Mais conteúdo sobre:
Papai Noel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.