Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Papéis da dívida caem com commodities e incertezas políticas

Os papéis da dívida brasileira operam em baixa, devolvendo os ganhos da abertura na esteira da retração da queda no juro dos Treasuries. Embora a taxa de rendimento dos títulos do Tesouro norte-americano continue muito próxima do nível do início do dia, a dívida brasileira não resistiu à pressão de venda que, aparentemente, atinge a classe dos emergentes. De acordo com especialistas, assim como a bolsa, a dívida cede com a retração nos preços das commodities e com as incertezas políticas no Brasil e também no Equador. Às 12h27 (de Brasília), o global40 caía 0,12%, para 129,05 cents, um pouco acima da mínima a 128,85 cents (-0,27%). O risco subia 1 ponto para 253 pontos. No começo do dia, o global40 subiu até 129,60 cents, alta de 0,31% do fechamento de sexta-feira.

Agencia Estado,

25 de setembro de 2006 | 13h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.