Para Abamec, propostas do PT trazem benefício

O presidente da Associação Brasileira dos Analistas do Mercado de Capitais (Abamec), Humberto Casagrande, afirmou ontem que as propostas do Partido dos Trabalhadores (PT) para o mercado de capitais podem trazer benefício indireto de curto prazo para o segmento. "Os primeiros impactos devem ser sentidos à medida que os investidores perceberem que o mercado de ações faz parte da agenda do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva."Para Casagrande, as perspectivas para essa área da economia são positivas com a vitória de Lula ontem no segundo turno das eleições. Ele lembrou que o PT endossou o Plano Diretor do Mercado de Capitais, reconhecendo que o segmento é importante como fonte de captação privada de recursos.Casagrande destacou a proposta de uso de dinheiro do FGTS e do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) na compra de ações como boas propostas para o mercado, além do incentivo à criação de fundos de pensão pelas companhias. "Eles também se comprometeram com a queda dos juros e a valorização da governança corporativa", acrescentou.O presidente da Abamec acredita que as propostas do PT para o mercado de capitais serão postas em prática "gradativamente". Segundo ele, "há pontos que podem ser implementados mais rapidamente", como o uso do FGTS em aplicações em ações.Ele disse que, na quarta-feira, acompanhará o senador Antonio Carlos Magalhães Júnior (PFL-BA) e o deputado federal Emerson Kapaz (PPS-SP) na apresentação ao Congresso Nacional do projeto de lei que permite ao trabalhador utilizar 1% dos recursos do FGTS na compra de ações. O presidente da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), Luiz Leonardo Cantidiano, também estará presente para apoiar a iniciativa.Casagrande acredita que a proposta pode ser aprovada no 1º semestre do ano que vem. Apesar de visualizar melhorias de curto prazo, o presidente da Abamec nacional vê o conjunto de propostas como de implementação no médio prazo. "O próprio mercado de ações é de médio prazo, nada se faz da noite para o dia." Na avaliação dele, a melhoria do segmento provocará um aumento natural de vagas para analistas e operadores de mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.