Para Abras, PIB pode elevar otimismo de investidores

O crescimento do PIB do segundo trimestre de 2013, de 1,5% sobre o primeiro trimestre, divulgado nesta sexta-feira, 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) pode servir para aumentar o otimismo de investidores e consumidores, avaliou o gerente de economia da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Flávio Tayra. "As análises estavam excessivamente pessimistas e a confiança do consumidor é balizada por essas informações", comentou. Ele reiterou a perspectiva da Abras de crescimento real de 3,5% nas vendas do setor supermercadista este ano.

DAYANNE SOUSA, Agencia Estado

30 de agosto de 2013 | 14h05

Tayra ainda avaliou positivamente a alta de 2,3% no consumo das famílias medido pelo IBGE na comparação com o segundo trimestre do ano passado. Ele ponderou que o nível de emprego segue estável, o que é um bom indicador para a performance do comércio nos próximos meses. Ele destaca que os supermercados seguem expandindo unidades e abrindo lojas.

No mês de julho, as vendas reais do setor supermercadista registraram alta de 11,59% em relação ao mesmo mês de 2012. Na comparação com junho, houve crescimento de 3,45%. Sobre agosto, Tayra diz que o desempenho tem sido bastante positivo, mas os dados ainda não foram compilados.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBIBGE2º trimestreAbras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.