Para AEB, bom resultado do setor externo foi 'pontual'

Para o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, o bom desempenho do setor externo no PIB do segundo trimestre foi marcado por fatores pontuais, como a antecipação de embarques de soja de abril a junho, na tentativa de evitar a coincidência com a entrada da safra americana, e exportação de uma plataforma de petróleo de US$ 1,6 bilhão, em junho.

O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2013 | 02h16

Segundo ele, a média diária de exportações em julho e agosto indica que neste terceiro trimestre as vendas externas serão menores: "A tendência é que o setor externo possa até trazer uma contribuição negativa para o PIB no terceiro trimestre", diz Castro. Ele também minimizou o efeito do câmbio sobre a balança comercial até aqui. / M.D. e A.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.