finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Para analistas, fala de Greenspan perde brilho

Potencial para que observações do ex-presidente do Fed afetem os mercados está diminuindo

Nalu Fernandes, O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2025 | 00h00

O ex-presidente do Federal Reserve (Fed) Alan Greenspan voltou a falar sobre o mercado de imóveis ontem e amanhã participa de mais um evento. Embora Greenspan tenha falado ontem sobre o setor imobiliário comercial, a falta de noticiário sobre sua apresentação pode indicar que os participantes do mercado internacional começam a dar uma importância menor às suas aparições, segundo fontes ouvidas pela Agência Estado. O evento de amanhã, sobre perspectivas econômicas, foi organizado pelo Departamento do Tesouro dos EUA e vai mostrar se as aparições de Greenspan estão ou não perdendo o brilho para Wall Street.Um certo desinteresse fica claro até mesmo na confusão de datas em torno da palestra sobre o setor imobiliário comercial que foi dada ontem.Entre alguns analistas americanos e internacionais, a fala de ontem em Nova York era esperada para a manhã de hoje. A apresentação de Greenspan foi feita a uma platéia de mais de mil pessoas em um modelo ''''talk show'''', segundo a assessoria de imprensa do evento.O entrevistador foi o presidente da Associação de Proprietários e Gerentes de Imóveis (Boma, na sigla em inglês), Kurt Padavano. A associação, fundada há 100 anos, tem mais de 16 mil associados e é voltada para imóveis comerciais.Diante do tamanho da platéia, mesmo com a imprensa impedida de participar do evento, seria praticamente impossível que as avaliações de Greenspan consideradas relevantes aos olhos do mercado não vazassem.Greenspan falou ao presidente da Boma sobre perspectivas para a economia dos EUA e, particularmente, para o setor de imóveis comerciais no país. Ele chegou também a abordar assuntos como imigração e dependência energética.INFLUÊNCIA EM QUEDAPara analistas, os comentários e aparições de Greenspan começam a perder o brilho. ''''O potencial para que as observações de Greenspan afetem os mercados está diminuindo. Ele não está mais à frente do Fed e os membros do Fed têm dado avaliações importantes ao mercado, por meio de palestras ou eventos, sobre a questão de imóveis e particularmente (sobre o mercado de hipotecas) subprime'''', disse um estrategista de um banco americano.Ontem de manhã, um boletim do banco WestLB alertava que, diante do significado atual do setor de hipoteca subprime, a fala de Greenspan ''''poderia mover o mercado de imóveis comerciais, embora a reação aos seus comentários esteja se tornando cada vez menos pronunciada quanto mais ele fala''''.De fato, outros estrategistas de bancos internacionais, baseados em Nova York, afirmaram que não tinham a fala de Greenspan como destaque na agenda e essa também foi uma das razões para os desencontros com relação à data da apresentação.Jason Schenker, estrategista do Wachovia, concorda que os panoramas que os membros do Fed têm apresentado sobre o mercado subprime têm potencial para ofuscar qualquer manifestação que o ex-chairman faça sobre o setor.Amanhã, o secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, conduz conferência, em Washington, da qual Greenspan é um dos participantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.