finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Para Delfim, PIB vai crescer 3,6% ou 3,7% este ano

Ao participar do seminário do Sebrae, o ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, disse que o PIB deve crescer 3,6% ou 3,7% neste ano. Ele acredita que o nível de atividade deve pegar tração nos próximos meses a ponto de levar o PIB a um nível de expansão de 4% no 4º trimestre ante o mesmo período de 2011. "Mas o PIB será aquilo que construirmos, a questão está aberta." Delfim destacou que o PIB do País subiu 2,7% em 2011 sobretudo porque a indústria ficou estagnada, crescendo apenas 0,1%. "Se a indústria tivesse crescido entre 3% e 3,5%, como nos últimos anos, o PIB teria crescido 3,8% no ano passado", destacou. / R.L.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.