finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Para Deutsche Bank, chance de recessão global é de 50%

Diante do elevado grau de incertezas que domina os mercados financeiros, os analistas do Deutsche Bank realizaram um estudo no qual tentam calcular a probabilidade de ocorrer uma recessão nos Estados Unidos e no mundo. Segundo o levantamento, as chances de uma "recessão leve" para a economia mundial nos próximos meses são ligeiramente inferiores a 50%, enquanto as de uma "recessão mais significativa" são de cerca de 30%.A probabilidade de uma "recessão leve" para os Estados Unidos também é um pouco inferior a 50%, enquanto a de uma recessão severa é de 25%. "Acreditamos que ação da política monetária ainda pode evitar ou diminuir substancialmente uma recessão se a economia está realmente seguindo para ela", afirmou Peter Hooper, analista do Deutsche Bank e coordenador do estudo. "Em particular, se a avaliação do mercado sobre os riscos de recessão nos Estados Unidos começar a mostrar sinais dos indicadores de atividade econômica ou dos mercados acionários, o Fed deverá cortar os juros novamente em dezembro, e as chances de novos cortes depois disso estão crescendo", observou. MERCADO JAPONÊSO lucro líquido dos seis principais bancos japoneses caiu 45% no primeiro semestre fiscal, entre abril e setembro, por causa da crise hipotecária nos Estados Unidos, informou ontem a agência de notícias Kyodo.O lucro líquido combinado das seis entidades - Mitsubishi UFJ, Mizuho, Sumitomo Trust, Sumitomo Mitsui, Resona e Chuo Mitsui Trust - foi de 950 bilhões de ienes (US$ 8,7 bilhões) no período, ante o recorde de 1,74 trilhão de ienes (quase US$ 16 bilhões) em 2006.Entre abril e setembro, as seis entidades informaram perdas por causa da crise hipotecária, no valor de 115 bilhões de ienes (US$ 1,055 bilhão). Os grupos calculam que terão prejuízo adicional de 165 bilhões de ienes (US$ 1,514 bilhão) no segundo semestre fiscal pelo mesmo motivo. COM EFE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.