Para diretor da Petrobras, Bolívia manterá preço do gás

Diretor de Gás e Energia da Petrobras, Ildo Sauer, acredita que os preços do gás boliviano não devem ter reajuste, já que há contratos em vigor que regulam a política de preços a serem praticados. Segundo ele a Petrobras e outras sete companhias produzem gás na Bolívia que é vendido à estatal boliviana, que, por sua vez, revende o produto. Como o governo do país mudou a relação econômica entre os produtores e a estatal, que passou a ter uma fatia maior na receita do gás natural produzido lá, o que prejudica as companhias estrangeiras.Sauer diz acreditar na ordem jurídica que faria o governo boliviano respeitar os direitos da Petrobras e das outras companhias que atuam naquele país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.