Ernesto Rodrigues/Estadão - 10/1/2019
Ernesto Rodrigues/Estadão - 10/1/2019

Em Davos, Doria afirma ser importante para o Brasil o compromisso do governo com as reformas

O governador de São Paulo está representando o Estado no Fórum Econômico Mundial e já conversou com o ministro Paulo Guedes sobre Previdência

O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2019 | 08h45

O governador João Doria (PSDB) afirmou na manhã desta terça-feira, 22, que a presença de Jair Bolsonaro no Fórum Econômico Mundial, em Davos,na Suíça, é "muito importante para o Brasil", pelas bandeiras que o presidente pretende apresentar em seu discurso. O tucano também está no evento, representando o Estado de São Paulo.

"Muito importante para o Brasil a presença do presidente Jair Bolsonaro e principalmente a apresentação que ele fará de uma política liberal, marcos jurídicos concretos, previsibilidade e um compromisso do governo com as reformas, principalmente a reforma da Previdência", afirmou Doria, em um vídeo publicado nas redes sociais.

Na segunda-feira, o Estadão/Broadcast informou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, e Doria acabaram se encontrando e conversando rapidamente sobre a reforma da Previdência. Eles estão hospedados no mesmo hotel em Davos.

O ministro disse que a reforma é "prioridade absoluta" e pediu ao governador apoio para a votação da reforma no primeiro quadrimestre do ano. Guedes quer garantir que os governadores mobilizem as bancadas dos seus Estados no Congresso para aprovar a reforma.

Sobre sua presença no evento, Doria destaca que está apresentando São Paulo como "destino para investimentos internacionais", bem como do programa de privatização que ele pretende tocar. "O mundo se encontra em Davos", afirmou.

Para Entender

O que você precisa saber sobre o Fórum Econômico Mundial, em Davos

Encontro anual de líderes mundiais acontece na cidade suíça entre 22 e 25 de janeiro, com o objetivo de moldar a agenda futura da globalização

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.