Para economista, País atravessa círculo virtuoso

O consultor e professor da FEA/USP, Roberto Macedo, concorda com a afirmação de que o Brasil atravessa um período de círculo virtuoso, com crescimento do mercado interno. O comentário foi feito diante da divulgação da alta de 2,2% no índice de Confiança do Consumidor, da Federação do Comércio. "Eu fui presidente da Associação Eletroeletrônica e Consumo e a gente percebia claramente que, quando havia uma seqüência de notícias boas sobre a economia, a confiança do consumidor aumentava e ele ia às compras", destacou o economista durante entrevista ao Conta Corrente, a Globo News. "É muito importante que isso esteja acontecendo porque cria um círculo virtuoso."Economia deve crescer 3,4% ou 3,8%Roberto Macedo disse que a recuperação econômica foi puxada pelo crescimento das exportações e também pelo setor agrícola. "O crescimento de renda do setor agrícola gerou demanda, estimulou a contratação de novas pessoas. A agricultura fertiliza o restante da economia e causa esse tipo de fenômeno", garantiu Macedo. Para evitar as chamadas cascas de banana no caminho desse crescimento, ele sugere que o Banco Central fique atento à cotação do dólar, adquirindo reservas para puxar a cotação acima de R$ 3. Mesmo assim, ele prevê que a economia neste ano vá crescer entre 3,4% e 3,8%. "O balanço dos últimos três meses tem sido positivo e na direção eu todo mundo quer no Brasil."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.