Para empresário, preço do leite tem de cair no Brasil

Empresário com origem no mercado de leite, Wilson Zanatta diz acreditar que o Brasil, que teve déficit na balança comercial de lácteos em 2009, será "o grande exportador de leite no futuro". Para isso, o produtor brasileiro terá de se adequar aos preços internacionais: o leite de Nova Zelândia, Argentina e Uruguai custa cerca de US$ 0,28 o litro, enquanto o brasileiro sai por volta de US$ 0,40. Para Zanatta, a chave está no ganho de escala. "É um trabalho de longo prazo. São necessários de 10 a 15 anos para o Brasil se tornar um exportador de leite de fato." / T.F.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.